Não deixe de conferir:

12ª Mostra Cultural A Ordem do Caos - Programação

Pra quem estava ansioso, este ano a tradicional Mostra Cultural do grupo A Ordem do Caos ocorre no mês de agosto! Com atrações totalm...

22/11/2013

As Pancadas de Molière você sabe o que é???

Por Pamela Gomes

  “A palavra foi dada ao homem para explicar os seus pensamentos,
                                            e assim como os pensamentos são os retratos das coisas,
                                             da mesma forma as nossas palavras são retratos dos nossos 
                                          pensamentos.”
                                                                                                                     Jean Moliere



Ao ir ao teatro você se depara com 3 sinais que simplesmente tocam.
O primeiro toca 10 minutos antes da peça começar, você já se prepara.
O segundo 5 minutos antes, o coração já bate mais acelerado, tá chegando a hora tão esperada.
O terceiro e tão esperado toca, as luzes se apagam e abrem-se as cortinas, silêncio que o espetáculo já vai começar. E se você pensa que isso foi criado nos tempos atuais se engana, vamos voltar um pouquinho no tempo e saber mais sobre essa curiosidade do teatro.



Século XVII, França, naquela época o patrocinador do espetáculo era o rei da França, pois as peças serviam para seu divertimento, e era ele que pagava os atores e o publico comia e bebia a vontade tudo a custa do rei. A única coisa que era “lei” era que o espetáculo só começava quando ele chegasse.
Quando o rei chegava era dado o primeiro sinal, ao entrar era dado o segundo sinal e somente quando o rei resolvesse sentar era dado o terceiro sinal e começava o espetáculo.Por ter uma plateia imensa e muitos atores também, havia uma encenação no inicio para acalmar a multidão.
Foi quando Molière, batizou os sinas que eram anteriormente sinalizados por gritos, de “as pancadas” que ficou conhecido como “As pancadas de Molière” usadas até hoje para avisar a plateia que o espetáculo vai começar.



Jean-Baptiste Poquelin, mais conhecido como Molière foi dramaturgo, escritor e ator francês nascido em 1622 e faleceu em 1673. 
Ficou conhecido no mundo teatral por suas peças marcadas pelo cotidiano da época, comédias com tons satíricos onde criticava desde a hipocrisia da nobreza quanto a avidez do burguês, onde retratava de forma sábia os defeitos e virtudes da alma humana.
Incomodados com as obras de Molière devido ao seu tom cômico porem real, setores conservadores da sociedade como, igreja, políticos etc. acabavam atacando-o com protestos, criticas e até mesmo ameaças.



Suas principais obras foram:
  • As preciosas ridículas (1659)
  • A Escola de Mulheres (1662)
  • Tartufo (1664)
  • O Misantropo (1665)
  • Médico a força (1666)
  • O Avarento (1668)
  • Anfitrião (1668)
  • O burguês fidalgo (1670)
  • As sabichonas (1672)
Se ficou curioso e que saber um pouco mais sobre este grande nome teatral uma dica é o filme: “ As Aventuras de Molière”




Créditos
3.bp.blogspot.com/Moliere
www.nosdacomunicacao.com.br


Pamela Gomes é formada em Produção Multimídia, trabalha com edição fotográfica e de vídeo, estudante da Oficina de Teatro do grupo “A ordem do Caos” 2013.